quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Love's Divine

Sentimentos.....pensamentos....Duvidas..Fazer ou não fazer..como alguém tem escrito "Fazer ou não fazer algo, só depende de nossa vontade e perseverança.(Albert Einstein) "
Será que saberemos responder a esta pergunta? As vezes a nossa vontade de fazer é muito grande......mas a situações e alturas que temos medo da forma como será absorvida do outro lado. E nessas alturas , que fazemos.....? fazemos ou não........
Nesta altura chegamos a um impasse.....que fazemos ? qual é a resposta para isto ? Será que devemos atirar de cabeça.....dizer tudo o que temos retidos dentro de nós mesmo que o resultado não seja o esperado......ou continuamos a auto-mutilarmos internamente por não dizer as coisas....mesmo que a partilha seja presente entre as pessoas....Reaprendi a partilhar....e digo que faço tão naturalmente que fico de boca aberta.....e porque me sinto assim....eu acho que sei....mas talvez tenha medo de assumir....Há quem diga que o melhor é atirar de cabeça sem pensar.....mas não pode ser, acho eu , posso estar enganado....mas a alturas e situacoes em que nao pode ser só uma pessoa.....tem que ser duas....O sol nasce para todos.....e porque não poder partilhar ao lado de quem gostamos o mesmo sol......

Não podemos ter receio de tentar....temos que nos deixar levar por onde o coração manda.....





sábado, 15 de agosto de 2009

You Give Me Something... Wonderful World.....

Muita coisa aconteceu ultimamente.......e como se diz há males que vêm por bem.
E fico feliz por isso....mas com receios, não digo que não os tenha. Porque uma coisa somos nós a surpreender a outra pessoa, outra coisa é sermos nós surpreendidos....e sim não estou habituado a ser surpreendido...quando se fala em ser por coisas boas.Uma pessoa ainda fica mais pensativa, por um lado é bom.....mas será melhor partilhar esse pensamento e não rodear,certo? Mas será que é altura certa de o fazer....pronto aqui entra o tico e teco :) ambos querem a mesma coisa , mas diferença é do modo como o fazer....por isso é que ainda estou mais baralhado eu sei o que quero, mas.........
Estas musicas têm um carinho muito muito especial.........




quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Nowhere Fast



Devagar....depressa.....como devemos reagir as situações? Será que vale a pena fazer ou dizer o que a nossa mente nos diz....ou deveremos contradizer? E se tentarmos fazer as coisas com calma, poderemos perder a nossa grande hipótese de ser felizes? mas se fizermos depressa, não será que estamos a arriscar de mais? Mas por um lado o que a nossa mente e coração nos diz e sente é como crianças adolescentes.....mas como o tempo passa , sentimos isso ,mas depois na pratica não fazemos....por receio.
A vida é uma estrada....que infelizmente tem um fim...mas temos que saber andar nela..como é óbvio encontramos muitos obstáculos e curvas, mas temos que saber dar a volta a essas coisas....algumas mais devagar outras depressa...mas sempre conscientes do que estamos a fazer.....e quando passamos por elas, não podemos voltar a olhar para trás, mas sim para a frente....porque a viagem ainda é longa....

Escrevo muitas coisas , como acho que devem ser e é a minha maneira de ver as coisas....mas contra mim falo. Não consigo por em pratica....porque? não sei responder-vos....talvez saiba,mas tento não admitir....
Hoje deram algo para eu ler , que acho uma grande verdade, e queria expor aqui parente vocês

"Lição de vida....

É preciso saber sempre quando se acaba uma etapa da vida.

Se insistimos em permanecer nela, depois do tempo necessário, perderemos a alegria e o sentido do resto.

Fechando círculos, fechando portas ou fechando capítulos, como queiras chamar, o importante é poder fechá-los, deixar ir momentos da vida que se vão enclausurando.

Terminas-te o teu trabalho?
Acabou a relação?
Já não moras nessa casa?
Deves viajar?
A amizade acabou?

Podes passar muito tempo do teu presente dando voltas ao passado, tentando modificá-lo...

O desgaste será infinito, porque na vida, tu, os teus amigos, filhos, irmãos, todos estamos destinados a fechar capítulos, virar páginas, terminar etapas ou momentos da vida, e seguir adiante.

Não podemos estar no presente sentindo a falta do passado.

O que aconteceu, aconteceu.

Não podemos ser filhos eternamente, nem adolescentes eternos, nem empregados de empresas existentes, nem ter vinculos com quem não quer estar vinculado a nós.

Os acontecimentos e as pessoas passam pelas nossas vidas e temos que deixá-los ir!

Por isso, ás vezes é tão importante esquecer-mos de nos lembrar, trocar de casa, rasgar papéis, deitar fora presentes desbotados, dar ou vender livros...

Na vida ninguém joga com cartas marcadas, e nós temos que aprender a perder e a ganhar.

O passado passou: não esperes que o devolvam.

Também não esperes reconhecimento, ou que saibam quem tu és.

A vida segue para a frente, nunca para trás.

Se andas pela vida deixando portas "abertas", nunca poderás desprender-te, nem viver o hoje com satisfação.

Casamentos, namoros ou amizades que não se fecham, possibilidades de "regresso" (a que? ), necessidade de esclarecimentos, palavras que não foram ditas, silêncios...

Fazer a limpeza emocional e arrumar espaço nas gavetas do futuro para o novo.

Não por orgulho ou soberba, mas porque tu já não te encaixas ali, naquele lugar, naquele coração, naquela casa, naquele escritório, naquele cargo...

Já não és o mesmo que foste à dois dias, à três meses, à um ano...
portanto, nada tem que voltar.

Fecha a porta, vira a página, fecha o circulo!

Tu nunca serás o mesmo, e nem o mundo á tua volta, porque a vida não é estática.

Faz bem á saúde mental cultivar o amor por ti mesmo, desprender-te do que já não está na tua vida.

Lembra-te de que nada, nem ninguém, é indispensável...

É um trabalho pessoal aprender a viver com o que dói, deixar-se ir e aprender a desprender-se.

E isso te ajudará definitivamente a seguir para a frente com tranquilidade.
Essa é a vida que todos precisamos de aprender a viver..."



segunda-feira, 10 de agosto de 2009

I Will Survive

Bem.....todos nós temos direito as nossas neuras, aos nossos pensamentos mais negativos, é normal que isso aconteça.....mas temos que sobreviver, erguer-nos e seguir em frente,viver o presente da melhor maneira e fazê-lo de forma que tenhamos um futuro bem melhor. Mas para tal é preciso saber o que nos impede....será que sabemos? há altura que sim , outras não. Podemos é precisar de algo fora do normal , para nós acordar , mas não podemos ir a procura , porque são coisas que quanto mais se procura , mais dificilmente encontraremos.......e quanto menos procuramos , mais depressa elas aparecem....mas para tal temos que saber interpretar esse sinais...há quem consiga , outros não o que pode ser menos bom....como alguém diz "Não importa o tamanho da montanha, ela nunca será capaz de tapar sol"
Como é óbvio todos queremos chegar ao topo da montanha para tocar no sol.... ninguém quer ficar na sobra da montanha....mas para que isso aconteça é preciso força de vontade para subir a montanha....
Por isso e resumidamente , há que pensar que, vivam hoje como fosse o vosso ultimo dia.....e sobrevivam não se deixem ir vivendo.......




quinta-feira, 6 de agosto de 2009

Truly madly deeply



Antes de mais façam um teste....se hoje fosse o vosso ultimo dia, e amanha tarde de mais...o que fariam de diferente...e façam....ou melhor o que fariam já?
Como é óbvio isto é uma pergunta de um pau com dois bicos....talvez muita coisa como é óbvio, algumas tivemos coragem de as fazer na altura certa , outras nem tanto....mas ao final de algum tempo conseguiram,há quem diga que possa ser tarde, eu acho que não,ao menos foi uma maneira de "arrumar" algumas coisas. Depois existe o presente, quem é que não tem N coisas que gostava de fazer? mas não temos coragem para as fazer....e esta pergunta faço também a mim mesmo....e porque não fazemos? Falta de coragem? Medo? Será que não acreditamos no nosso próprio valor que temos para enfrentar essa situação ou será porque ficamos "agarrados" a questão do "Será que". Acho que o "será que" devia sair do nosso dicionário em algumas situações, e seguir em frente avançar sem medos nem receios.....como alguém um dia me disse o Não é sempre garantido, o resto que dai advém tanto pode ser bom ou não, mas para tal temos que arriscar....sem medos.
Para que isto possa funcionar bem, há que saber partilhar e não guardar para nós o que sentimos. Por muito que possamos ter cumplicidade com alguém a nível de amizade...será que partilhamos todos os nossos sentimentos? Imaginado que podemos sentir algo mais por essa pessoa? conseguem partilhar logo, sem pensar no futuro? se sim digam como, porque gostava de saber.....
Muitos de vocês devem pensar o que se passa....apenas digo, olhem para o vosso umbigo e vejam exactamente qual é o objectivo que querem.....a vida é uma apreendizagem diária....estamos sempre a apreender e para tal temos que ser bons ouvintes....deparei-me com uma situação onde dizia compreendo-te...mas vejo agora que realmente não compreendia,mas agora sim...mas isso é o meu caso, como saber lutar pela vida, e passando por N situações boas e más....e a isso temos que dar valor e antes de mais respeitar aos outros e a nós próprios....
Para finalizar deitem tudo para fora a nível de sentimentos ou que pensam sobre as pessoas que vos restam próximas, porque vão ver, que sentem muito melhores........
Mas é claro um passo de cada vez.....

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Bonança......



Enfim.....tempestade chegou ao fim , pelo menos espero. Será que a bonança vem ai. Espero bem que sim....Todos nós,incluído eu preciso de paz,pricipalmente mental. Relativamente a questão será que é o momento mais oportuno para falar,não sei , mas faço uma pergunta será que saberemos quando é que é? Apenas sei que quero preservar aquilo que tenho....por isso sei que as vezes não poderemos dizer o que queremos porque podemos por em risco e perder o que fomos construindo. A amizade é como uma construção da casa....primeiro solidificar os alicerces e só depois as paredes. E como é óbvio ninguém quer que haja tremores de terra que deitem abaixo a casa....é verdade que as vezes isso acontece, mas também pode haver tremores de terra, e se os alicerces forem bons, consegue-se manter a casa intacta ou com danos muito pequenos que facilmente se resolvem.....e isto tanto se aplica a uma amizade bem como um relacionamento...Agora a questão será que estamos preparados para passar por esse tremor de terra? Como é óbvio ninguém quer passar por ele....mas temos que pensar que o que construímos é tão solidificado que mesmo que ele passe, pouco ou nada vai mexer...porque soubemos construir bem. E é com essa filosofia que temos que pensar, senão para que construir se com qualquer situação adversa poderemos por em risco o que foi construído? As vezes é bom testar a nossa construção fazendo um teste simples para ver como é que a casa reage, numa amizade , dizer o que achamos e sentimos por essa pessoa e se for boa como a casa....mexe ligeiramente e vêm ao sitio...mas para isso não poderemos ter medo......
Mais uma coisa que apreendi, não guardem tudo para dentro de vocês....partilhem com quem gostei :)

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Tempestade Mental......



Sentado em frente ao pc.....sim....pensar o que escrever....tanta coisa para escrever e cada vez mais sinto tanto as maos,como a voz que nada sai.A isto chamo de uma tempestade mental. Será isto normal? mas por um lado existe um turbulhão de coisas que deviam sair...mas ao chegar o momento...parece que congelo. Que fazer nessas alturas? fugir e gritar porque não sou capaz? Basicamente é o que faço, e isso faz com tenhamos que arcar com as consequecias que dai advêm infelizmente.
Obviamente ninguem é igual, porque se assim fosse a vida seria uma monotonia completa...por isso é que somos todos diferentes e todos iguais , e assim complementamos uns aos outros.
Porque é que custa assim tanto falar....há quem diga que escrever custa menos dizer o que queremos...pode ser verdade....mas tambem digo, mexe muito com uma pessoa,principalmente quando estamos "online" a escrever com ela, mas por vezes não conseguimos dizer tudo, outras conseguimos....e quando conseguimos , sentimos um alivio por termos feito.....Mas quando isso acontece, como será depois o reencontro? a esta questão não sei responder....mas a base disto tudo não é quando dizemos mas sim quando não somos capazes de dizer e queremos tanto dizer, ao ponto que podemos chegar perto da questão, não por que fazemos com que isso aconteça, mas sim porque as conversas deslizam nesse sentido, mas quando chega o momento, ou melhor pensamos que é o momento, apenas falamos numa forma geral, e nao dizemos realmente o que sentimos, no profundo dentro de nós, por muito que sejamos sinceros , e digamos com o coração tudo o que pensamos, a uma parte que congela....Infelizmente que não somos todos assim....espero um dia conseguir passar por esta tempestade, mas as vezes é bom que exista alguem que veja que estamos nela e ajudo a sair dela........porque como diz um grande ditado, depois da tempestade vem a bonança......

Bom Feeling

Feeling....sim sensações....é muito bom termos boas e novas sensações dentro de nós...sentir-mos vivos pela vida, fazer-nos sorrir , viver....
As vezes pensamos que sentimos isso.....mas será que sentimos realmente, ou apenas é uma fachada que temos dentro de nós.....quantos de nós é que sente apaixonados pela vida, no seu verdadeiro conceito? Posso dizer que depois de uma semana intensa...e em pouco tempo apreendi muitas coisas. Umas pensei que sabia com 100% de certeza outras nem tanto.Mas também fez-me muito bem,tanto que "acordei" para uma nova vida, não deixado ser quem sou mas sim viver com muito mais intensidade, com paixão, mas sabendo sempre em que chão piso, as vezes custa dar o passo, mas temos que dar. A vida não é cor de rosa, mas somos nós que podemos fazer com que seja durante muito tempo.....tudo depende das atitudes que tomamos e quais os objectivos que queremos da vida. Agora ´aproveitar e deixar sair tudo o que sentimos e pensamos...porque partilhar é algo fantástico. Contra mim falo.....ou melhor falava.....quebrei a barreira que têm a vossa frente....porque do outro lado temos uma vida cheia de oportunidades que as vezes não vimos , ou melhor não queremos ver com receio....porque o medo de seguir em frente é demasiado grande. Façam uma pergunta a vocês mesmos....eu já fiz ela este fim de semana. Até que ponto querem quebrar essa barreira que têm a frente de vocês....e até que ponto é que estão preparados para seguir em frente...e será que estão preparados? e conseguem demonstrar que estão preparados?
Queria deixar aqui um beijo muito especial a uma pessoa, que quando ler sabe quem é....por tudo o que fez e pelo o apoio que tem dado..........