quarta-feira, 27 de janeiro de 2010

Aparencias......




Quantos de nós não vive de aparências? Querer ser algo que não é ou querer algo só porque olha a volta e vê todos os amigos a seguirem esse rumo e acabam por querer seguir o mesmo , mas no fundo não o querem?
Qual é o mal de serem vocês mesmo, vivemos num pais livre democraticamente, cada um tem os seus valores,o seu amor próprio. Não podem é permitir ninguém nem nada que vos faça sentir ou tentarem vos mudar a vossa maneira de ser.
Como é óbvio cada um é como é , todos têm os seus defeitos as suas virtudes. Se todos fossem perfeitos e todos iguais qual era o prazer ? A parte interessante é a partilha a "discussão" saudável entre duas pessoas, e não o monologo que as vezes acontece , e pior que isso o rebaixamento de uma pessoa parente a outra. E quando isso acontece onde está o nosso amor próprio, porque antes de amarmos alguém temos que amar a nós próprios e nada poderá deitar isso abaixo.
É claro que na nossa vida há vários momentos tantos altos como baixos, e se ouvirem esta musica podarem sentir isso. Não sei se ouvem ou sentem o mesmo que eu , mas a ouvir isto sinto 3 fases e será que são estas 3 fazes que querem na vossa vida?


domingo, 24 de janeiro de 2010

Memories



Memórias, todos nós temos memórias umas menos boas outras optimas divinais....que chegamos ao ponto de perguntar o que se passou , para que esse bom tempo deixa-se de existir e passa-se a ser uma memória.
Já alguem conseguio reflectir a serio o porque disso? Será que isso tem a haver com algo de que chama-mos ciclos de vida? Um inicio e um fim? Ou não será que a nossa a vida é um ciclo com mini-ciclos dentro de nós?
Tudo depende do que sentimos e de quanto tempo queremos que os mini-ciclos durem. Como é obvio a situações que não dependem de só nós mas sim de um conjuto de factores que rodam ao nosso lado.
O fim de um ciclo tras sempre dor, por muito que tenhamos fechado alguns ciclos , a dor será sempre igual umas com mais intensidade do que outras, mas por vezes é necessário sentirmos essa dor , para podermos dar valor ou em certas ocasiões recebermos esse valor.
Todos nós somos seres humanos , com sentimentos, valores , amor proprio. Nada e ninguem poderá dizer o contrario. Se sentirmos que não nos dão esse valor , será que vale a pena continuar assim ? Até quando? Preferem sentir a dor constante ou mais vale sentir a dor de uma vez só e passarmos da dor a memória dos bons momentos que tivemos para tras?

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Dangerzone

Dangerzone.....zona perigosa....enfim...andamos sempre em zonas perigosas ou nem por isso? Somos nós que queriamos ou não que queremos esse perigo. No sentido de sentir adrenalina , porque sim é ela que faz nos mover de seguir em frente. Durante quanto tempo é que conseguem viver a vossa vida sem adrenalina de não cometer loucuras? Sim somos uns loucos selvagens. Mas será que vale a pena cometer loucuras mesmo que possa prejudicar algo? quantos de vós já tiveram no limite e não avançaram.......

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

Bleeding love




Amor sangrento......Será que o amor tem que ser sempre assim? Fazer levar-nos a cometer loucura estúpidas e perder tudo que adquirimos até hoje , por em causa boas amizades que foram construídas até hoje?
Sofrer por amor será que vale a pena.....claro que não....as vezes é preciso sofrer por amor e perda , para podermos dar valor as restantes coisas e as pessoas que estão ao nosso lado, que por vezes não ligamos , melhor não compreendemos as vezes todos os sinais que são passados....e podemos perder uma grande oportunidade de sermos felizes e de fazer alguém também feliz.
A vida é um risco e o jogo por vezes complicado de jogar, mas não podemos deixar de jogar. Há que enfrentar os adversários e jogar, por muito que digamos que não sabemos joga-lo , mas tem que ser. A vida não para, a única coisa que nos faz parar é a morte....mas até lá há que continuar sempre a jogar, temos muitas coisas boas a nossa frente , para as agarrar. AMEM MUITO!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


segunda-feira, 4 de janeiro de 2010

Coss dela vita



Coisas da vida.....vida complicada ou não , enfim....passado é passado....agora há que abraçar de novo o novo ano que começa agora....
Há que viver , viver intensamente, respeitar as pessoas e amar as pessoas de quem gostamos. Abrir o nosso coração de uma vez por todas e dizermos tudo que vem dentro de nós.....
Não usem nem se deixem usar como pessoas...digam o que pensam....partilhem os pensamentos, porque só assim conseguiram ser felizes