domingo, 24 de janeiro de 2010

Memories



Memórias, todos nós temos memórias umas menos boas outras optimas divinais....que chegamos ao ponto de perguntar o que se passou , para que esse bom tempo deixa-se de existir e passa-se a ser uma memória.
Já alguem conseguio reflectir a serio o porque disso? Será que isso tem a haver com algo de que chama-mos ciclos de vida? Um inicio e um fim? Ou não será que a nossa a vida é um ciclo com mini-ciclos dentro de nós?
Tudo depende do que sentimos e de quanto tempo queremos que os mini-ciclos durem. Como é obvio a situações que não dependem de só nós mas sim de um conjuto de factores que rodam ao nosso lado.
O fim de um ciclo tras sempre dor, por muito que tenhamos fechado alguns ciclos , a dor será sempre igual umas com mais intensidade do que outras, mas por vezes é necessário sentirmos essa dor , para podermos dar valor ou em certas ocasiões recebermos esse valor.
Todos nós somos seres humanos , com sentimentos, valores , amor proprio. Nada e ninguem poderá dizer o contrario. Se sentirmos que não nos dão esse valor , será que vale a pena continuar assim ? Até quando? Preferem sentir a dor constante ou mais vale sentir a dor de uma vez só e passarmos da dor a memória dos bons momentos que tivemos para tras?

2 comentários:

  1. Não sei se será ciclo, não sei se será um início…fim. Mas se são memórias é porque não esquecemos e se não esquecemos por algum motivo foi…
    Bj

    ResponderEliminar
  2. Fernando Pessoa disse e muito bem:

    "O valor das coisas não está no tempo que elas duram, mas na intensidade com que elas acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.”

    ResponderEliminar