terça-feira, 12 de abril de 2011




Por vezes existem decisões dificeis de tomar, e só nos deparamos nelas quando batemos mesmo no fundo de um poço se é que existe um fundo....O que fazer nessas alturas? Por muito que nos avisem e nos peçam para "abrir" de nos exprimir por vezes é complicado...sabemos quem nos pede é porque quer o nosso melhor,mas porque não o fazemos? teremos medo do que ? Não sei,mas gostava de saber,melhor perceber.....Eu sei que tudo se resolve menos a morte.
Ninguem para alem de nós próprios é o culpado dos erros cometidos no passado,e como é óbvio não podemos exigir nada, apenas que nos apoie e nos ajude estando ao nosso lado e apoiado as decisões de como ultrapassar o que estamos a passar. Custa ? è claro, mas se estão ao nosso lado por alguma razão o estão , logo e contra mim falo , devemos dialogar e exprimir tudo o que sentimos.


1 comentário:

  1. Há decisões que nos custam tanto,mas tanto, mas temos que as tomar para o nosso bem e o dos outros.
    Errar todos nós erramos,mas ao admitirmos os nossos erros já é um grande passo para o acerto do erro e as pessoas que nos são queridas e que gostam realmente de nós saberam aceitar que como todo o ser humano erramos e vão continuar ali ao nosso lado.
    Deixa-te ir no que sentes e no que queres,diz o que sentes sem sequer pensares...Deixa as palavras que sentes em ti sairem.
    o complicado por vezes é o começar...
    Diz,pura e simplesmente diz o que queres,o que sentes corre atrás e sê feliz.
    Tudo de bom e sê muito feliz

    ResponderEliminar