segunda-feira, 30 de março de 2009

Facil de Entender



Será que é fácil de entender as coisas que nos rodeiam....ou será que são assim tão complicadas....melhor será que somos nós que as fazemos complicadas e se sim porque o fazemos?Porque não deixamos as coisas fluir deixar irmos sem questionar o porque das coisas....deixar-mos "levarmos" pelo que sentimos...aproveitar. Quantos tem medo de deixar-se levar pela "onda"....
Passado a parte de realista deixado a parte sentimental de parte....obviamente que as vezes as coisas não são tão fáceis quanto parece que são...muitas das coisas depende da vontade de ambas as pessoas...ou será isso difícil de entender ;)
Quantos não queriam voar nos pensamentos...passando os pensamentos a realidade...deixar de pensar que apenas é um sonho e passar a realidade......
Levanto uma questão que será com essa que fica o post de hoje.....porque é que quando estamos na "onda" há sempre alguém que nos tenta trazer a razão e não nos deixa viver...mesmo que essa razão é verdadeira.....

1 comentário:

  1. Muitas vezes as coisas não são fáceis de entender, porque talvez aquilo que queiramos entender não nos é mostrado de forma fácil, clara; outras vezes temos a verdade à nossa frente, mas por receios, por medos, não a vimos e outras vezes ainda, que chega a ser caricato, é o "ser bom demais para ser verdade"!

    É certo que ninguém gosta de sofrer, de passar por desilusões, sejam elas de que ordem forem, mas as desilusões são uma constante da vida, são elas que nos fortalecem, são com elas que vamos aprendendo a estar na vida!
    Quantas vezes "perdemos",não aproveitámos o momento, precisamente por isso e vimos a descobrir que deviamos ter aproveitado? O que é melhor, sentir a frustração de nao ter aproveitado o bom momento que a vida nos colocou à nossa frente, ou ter aproveitado, mesmo que o resultado não tenha sido o esperado?

    É certo que nós não podemos sempre a mandar de cabeça, ou a mandar sem consciência da realidade, mas tambem como saber o resultado se não arricarmos?

    Quanto à tua questão, muitas podiam ser as respostas! Quando alguém amigo (verdadeiro) nos tenta dissuadir de fazermos qualquer coisa, mesmo que nos esteja a fazer feliz, com certeza que não é para nos deixar tristes ou impedir que façamos o que quer que seja, é apenas um conselho de alguém que nos quer muito bem, que gosta realmente de nós, mas independentemente disso, é SEMPRE a nossa palavra, a nossa vontade, o nosso desejo que deve ser tido em conta, afinal, somos nós que estamos na situação!
    Até sabemos que o amigo tem razão, mas porquê não aproveitar o bom momento, vive-lo intensamente? Será que vai dar certo? Será que vai dar errado? Não sabemos! A única coisa que temos a certeza é que está a ser bom, está-nos a deixar felizes, está-nos a fazer viver sensações únicas...
    Então porquê não aproveitar, porquê não vive-lo em pleno?

    CARPE DIEM

    ResponderEliminar