quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

The Flame

A chama, o clique , os pensamentos constantes por alguém..... A questão é o que é o "clique" entre duas pessoas ? Pode haver n formas de isso acontecer,será que o "clique "é só paixão momentânea, e os sentimentos mais profundos , ser algo mais ?
Acho que são perguntas que ficam sempre no ar, cada um tem a sua maneira de pensar e de ver estas coisas. O "Clique" pode acontecer quanto menos esperamos , a questão está como saber que ele existe. Porque para ele existir temos que saber interpretar os sinais de quem está connosco, agora que sinais? Não esquecendo que existe alguns sinais podem ter duas interpretações diferentes....uma de carinho , amizade outra de algo mais. Eu nunca fui pessoa de saber interpretar esse tipo de sinais , não os percebo directamente, o que as vezes isso é mau.Para mim se estou com uma pessoa , é porque me sinto bem , porque gosto de falar com ela , agora disso ate passar a algo mais é um passo que para mim torna-se complicado. Aqui chegamos a conclusão do que já disse no passado , porque não é possível estar com as pessoas sem ter ideias logo pré-concebidas que algo mais vai acontecer.....se tiver que acontecer acontece como não sei......
A Chama , o que é a chama ? são batimentos fortes dentro de nós por alguém? No meu ponto de vista sim e muito mais....é acordar a pensar nessa pessoa, deitar a pensar nessa pessoa....e uma pessoa sentir-me completamente a vontade com a outra pessoa , é uma combinação de sentimentos tão grandes que cria essa chama. Agora uma coisa é preciso, é não deixar apagar essa chama. E como fazemos isso ? Muito facilmente há que nunca deixar entrar na rotina. Existe pequenos gestos que por muito pequenos que sejam , têm um significado muito grande, mas atenção há que saber se da outra parte esses pequenos gestos são valorizados , porque senão não vale a pena, mais vale falar e tentar ver o que se passa.....falar entre duas pessoas é o mais importante , quando falo em falar é saber ouvir o que a outra pessoa tem para dizer , seja o que for e não criticar, mas sim apoiar, mesmo que não seja na nossa linha de pensamento e de raciocino e de valores.....Se tudo fosse perfeito , acabaria de ser imperfeito porque tudo tem altos e baixos......agora é preciso saber como melhorar esses baixos....como costumo dizer depois da tempestade vem a bonança........


3 comentários:

  1. Chama, clique, qualquer um dos nomes serve para dar a uma reacção química que acontece entre duas pessoas...
    O que realmente acontece? Mt sinceramente não te vou dizer que sei, pois é algo que nunca entendi e já à muito que deixei de tentar entender...
    Como tu próprio dizes há uma série de sinais que necessitam de ser interpretados, mas mesmo dizendo que não os sabes interpretar acredita que quando eles acontecerem vais saber, pois esses sinais são diferentes e variam de pessoa pra pessoa, e a quem são dirigidos acredita que os entende....mas existe também o outro verso da moeda que é será que a pessoa pra quem são dirigidos esses sinais quer recebê-los? Será que a pessoa de quem se quer receber sinais os quer enviar?
    Muitas vezes esse clique, essa chama só acontece por um dos lados.....
    O deitar, o acordar a pensar numa pessoa pode ter muitas interpretações, mas não lhe chamaria chama, e sim aquele amigo (a) que nos faz sentir vivos, com quem podemos ser nós mesmos, que partilhamos nossos pensamentos, nossas angústias, que nos critica quando acha que estamos a ir pelo caminho errado, que nos congratula quando acha que fizémos algo maravilhoso. Pois chego à conclusão que ninguém é mais importante que esse amigo (a), nem mesmo um grande amor que possa surgir conseguirá suprimir a verdadeira AMIZADE!!!!
    Agora há mais variadíssimas interpretações que se podem ter......expus a minha.......
    Agora acho que cada um tem que aprender a tirar proveito de tudo na vida....e deixar esses cliques acontecerem, essas chamam se acenderem e acima de tudo aprender a andar com os olhos bem abertos para se entenderem todos os sinais que nos rodeiam....

    ResponderEliminar
  2. Começo o meu comentário com um pequeno poema que acho que tem tudo a ver com este tema:

    NÃO DEIXE O AMOR PASSAR
    "Quando encontrar alguém e esse alguém fizer seu coração parar de funcionar por alguns segundos, preste atenção: pode ser a pessoa mais importante da sua vida.
    Se os olhares se cruzarem e, neste momento, houver o mesmo brilho intenso entre eles, fique alerta: pode ser a pessoa que você está esperando desde o dia em que nasceu.
    Se o toque dos lábios for intenso, se o beijo for apaixonante, e os olhos se encherem de água neste momento, perceba: existe algo mágico entre vocês.
    Se o primeiro e o último pensamento do seu dia for essa pessoa, se a vontade de ficar juntos chegar a apertar o coração, agradeça: Deus te mandou um presente: O Amor.
    Por isso, preste atenção nos sinais - não deixe que as loucuras do dia-a-dia o deixem cego para a melhor coisa da vida: O AMOR"

    Clic e empatia são duas coisas completamente distintas, mas muitas vezes confundidas! A empatia é um sentimento que temos por alguém que conhecemos, não importa se há muito ou pouco tempo, mas com quem nos sentimos bem, com quem nos identificamos, com quem sentimos que podemos falar à vontade dos nossos problemas, do nosso dia-a-dia, dos nossos sentimentos, do nosso Eu! É um dos primeiros sentimentos que temos pelos amigos! Ninguém consegue ser amigo de alguém sem haver inicialmente uma empatia entre ambos!
    Um clic!! O que é um clic?! Quando é que habitualmente dizemos que "houve um clic"? Esta palavra pode significar muita coisa, mas vamo-nos reportar ao tema que esta implicito neste texto! Será que quando falamos em clic entre duas pessoas não estaremos a dizer que houve uma química? Uma energia forte que nos faz olhar para a pessoa de uma forma diferente? Há pessoas que também chamam Atracção Física! Não importa o nome que lhe chamam, mas é com certeza um sentimento que nos faz mexer com algo dentro de nós! Deste sentimento outros podem surgir, desde uma paixão, a um simples momento que ambos querem partilhar mas sem compromisso!
    Quem nunca na vida sentiu um clic quando conheceu alguém? Quem nunca na vida se sentiu atraído por outra pessoa ao ponto de querer estar com ela?
    Um clic não se explica, sente-se! Um clic é (para mim) algo mais superficial se o relacionarmos com sinais! Ok, depende dos sinais! Sinais que podem mostrar apenas desejo, sinais que podem demonstrar que apenas se quer uma amizade, sinais que podem querer dizer que há interessa para além da amizade!
    Há alguns que são facilmente identificaveis, como o do desejo, mas os outros já não são tão fáceis de distinguir! Não que sejam dificeis, mas porque muitas vezes o nosso desejo que sejam aqueles sinais que queremos, que não nos deixam ver a realidade! Outras vezes temos medo de os demonstrar porque não sabemos qual vai ser a reação do outro lado! E por sua vez, o outro lado espera o mesmo e andamos aqui como a pescadinha de rabo na boca!!
    No mundo em que vivemos, infelizmente, sobra-nos muito pouco tempo para escutar o nosso coração e mesmo quando o escutamos por segundos, às vezes mandamo-lo calar porque não pode ser! Tudo neste momento, gira à volta do racional, tudo é feito a pensar com a cabeça! Sim, temos que ter cuidado para não nos deixarmos iludir, concordo, mas quantas vezes já perdemos oportunidades de sermos felizes emocionalmente por pensarmos tanto?! Sofrer não é fácil, ninguém gosta de sofrer, mas não é o sofrimento que nos faz crescer, nos faz aprender, nos faz mais fortes para situações futuras? Se sim, então porque não arriscamos mais? Porque é que tudo tem que girar à volta do socialmente correcto?
    Toda a gente diz que quer ter alguém ao seu lado, ser feliz, mas a felicidade não vem ter conosco! Nós é que vamos ao seu encontro, nós é que temos que lutar por ela!! só uma pergunta inocente: algum barco navega só com um remo? humm... acho que não!! Só com um remo o barco anda às voltas e voltas e não sai do mesmo sitio e se apanha aguás agitadas o mais provável é afundar-se!! Outra pergunta: alguma fogueira consegue vingar sem lhe ir-mos pondo lenha? Ná!! Não me parece!! Ela vai acabar por se apagar! Finalmente uma ultima pergunta: Alguma relação amorosa consegue durar, só com um a dar?! Decididamente NÃO!!
    Amar é um dar e receber! É um dar gratuíto sem pedir nada em troca, é uma entrega total, de corpo de alma! Amar é remar junto com o outro, é colocar um pauzinho na fogueira para nunca a deixar apagar!! Dificil!! NÃO!! Mas não mesmo!! Não é preciso fazer grandes coisas, nem gastar muito dinheiro, às vezes nem é preciso gastar nenhum!! Basta uma flor, um jantar mais romântico, um abraço e um beijo mais intenso quando se chega a casa, umas velas no quarto, um banho a dois...tanta coisa!!
    "ah mas a vida é tão compplicada, é o chegar do trabalho, tratar das crianças, muitas vezes trago trabalho para casa..." É a vida que toda a gente tem! Muito poucas são as pessoas que se podem dar ao luxo de escolherem o seu horário de trabalho, de nem sequer trabalharem, ou terem quem lhe faça tudo em casa! Mas se formos a pensar desta forma, então já não haveriam casais, estaria tudo solteiro, a viverem sozinhos!! É verdade que nem todos os casamentos resultam e muitos são os motivos para tal, mas quantos não são os que por falta de diálogo, por não terem tempo ou, sendo mais real, nao quererem ter tempo para a outra pessoa, por o barco andar às voltas sem sair do mesmo sitio porque só um rema, por a fogueira se apagar, acabam?
    Com os amigos verdadeiros não gostamos de dar e receber? Não gostamos de os ouvir e que nos ouçam? Porque não fazer isso com o Amor?
    Amizade e o Amor! O que faz a diferença entre os dois é unicamente o sentimento que é mais forte no segundo, juntamente com o envolvimento fisico e a partilha de uma vida em comum! Mas a base dos dois é a mesma!! A Amizade! E tantas vezes esta é esquecida!!

    "O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.
    Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis"
    Fernando Pessoa

    ResponderEliminar
  3. Conheceram-se pela net,falaram e falaram e nesse mesmo dia sairam para tomar um café.
    Mas antes ele já lhe tinha dado o número de telémovel.
    Ao que ela lhe tinha mandado mensagem a medo."Olá,sou eu a ..."
    Ele telefona e acabam por falar e ainda dizerem um ao outro que é a primeira vez que fazem uma coisa destas.
    Entretanto voltam a falar na net,nesse mesmo dia...e acabam por combinar um café para depois do jantar.
    Ele vai ter com ela e vão tomar um café e falar.
    Trocam ideias,experiências,falam do que lhes mói a cabeça.
    Já no carro em amena conversa riam,conversavam mas de repente surigiu um beijo.
    Quem avançou primeiro,os dois...mas ao começarem a beijar-se sentiram uma enorme vontade de continuar assim,de estar um com o outro.
    Foi um encontro normal,entre duas pessoas que se conheceram na net,ambas à procura de amizade e nada mais.
    Mas houve uma quimica ente os dois,uma vontade enorme de estarem juntos.
    A quimica permanece,a vontade de estar um com o outro,também,é puramente atracção fisica.
    Mas há respeito mutuo,há uma amizade que ao mesmo tempo está a ser construida e toda ela na base do respeito,da honestidade e sinceridade.

    É uma estória de vida como muitas outras que por aí há.
    Por vezes sentimos uma ligação tão grande com alguém,que até a nós é complicado explicar.

    A amizade é a base,são os alicerces para o entendimento no ser humano.
    Pode uma amizade entre duas pessoas acabar em românce,em namoro,em o juntar os trapos?
    Sim pode,mas também pode ser só amizade e nunca evoluir para além da amizade.
    Como diz uma amiga minha "A amizade é o amor ao qual faltam asas."
    Nós seres humanos,temos uma enorme capacidade de amar e de complicar.
    Quando gostamos de alguém como amigos,gostamos de estar com essa pessoa,falar brincar,mas por vezes os sinais que enviamos hà outra pessoa podem ser contraditórios.Podemos ser tão,mas tão expansivos e expressivos e dizer ou fazer pequenas coisas ou gestos,que acabamos por enviar os sinais errados.Ou até podem ser os sinais correctos,mas que não queremos admitir que os queriamos enviar.
    Não é só a chama da paixão,do amor que se tem que saber manter acessa.
    Na amizade também é preciso saber fazer uma continuidade descontinuada.
    Na realidade tudo acaba por morrer se entrar na rotina,até entre amigos.
    Há que saber inventar ou reinventar.
    Na relação,por vezes basta mudar só uma atitude,para as coisas sairem da rotina,na amizade a mesma coisa.

    A questão é que tudo precisa de manutenção,
    seja uma relação de amizade,seja uma relação amorosa ou até uma relação empresarial/laboral.
    Temos sempre que ser inventivos de modo a a rotina não se instalar,até nas nossas vidas.

    Beijocas e fica bem :o)

    ResponderEliminar